ZDB

Música
Concertos

DERIVA

— Ricardo Martins e João Almeida

Qui22.10.2019:00
Galeria Zé dos Bois
© Margarida Borges
© Vera Marmelo

O concerto terá lugar no Aquário, cumprindo as regras de distanciamento social previstas pela DGS. A lotação é limitada e uso de máscara obrigatório.

“Deriva” é um projecto idealizado por João Almeida e Ricardo Martins, que tendo já colaborado juntos noutros projectos (Chão Maior), decidem agora criar uma peça que tem por base a busca, utilizando sintetizadores modulares e o processamento do trompete e da bateria.
Um peça com a duração de cerca de 45 minutos, com o intuito de alterar e conduzir o estado emocional dos ouvintes.

João Almeida

Trompetista co-fundador do trio de música improvisada, “Sismos”, constituído por Phillip Santos (bateria) e João Carreiro (guitarra). Tem vindo a colaborar com músicos como Gabriel Ferrandini, Pedro Alves Sousa, Hernâni Faustino, Hugo Antunes e Maria do Mar de Brito Lopes e foi também convidado para integrar o grupo “Chão Maior” do trompetista Yaw Tembe, constituído por Yuri Antunes (Trombone), Ricardo Martins (Bateria), Leonor Arnaut (Voz) e Norberto Lobo (Guitarra). Já colaborou com a orquestra de Jazz do Hotclube de Portugal tendo a oportunidade de partilhar o palco com músicos de renome no panorama nacional e internacional tais como João Mortágua, Julian Arguelles, Perico Sambeat, John Hollenbeck e Guillermo Klein.

Ricardo Martins

Baterista e designer gráfico sediado em Lisboa. Actualmente é o baterista dos Pop Dell’Arte, Jibóia, Chão Maior, Earth Electric, Papaya, ALGUMACENA; tem ainda a sua dupla com João Almeida, Silvar, e o seu projecto a solo – peça de teatro Guardador de Sonhos e a nova peça JGM As Febres de Lisboa. É co-fundador da Desisto em 2013, onde trabalha como designer gráfico desde então.

Programa Relacionado

Próximos Eventos

aceito
Ao utilizar este website está a concordar com a utilização de cookies de acordo com o nossa política de privacidade.