ZDB

Música
Concertos

MC Yallah & Debmaster ⟡ A lake by the moon [Nova data em breve]

Sex03.04.2022:00
Galeria Zé dos Bois

MC Yallah & Debmaster

Após uma época dourada da bass music que trouxe, há já cerca de uma década, todo o dubstep e seus derivados, houve lições a tomar. Enquanto alguns produtores seguiram um percurso mais previsível, outros tomaram notas para evitar sinais de beco sem saída. Poucos no entanto descortinaram outros mundos, e nesse sentido, nomes como Shackleton, Queen Warrior ou The Bug souberam elevar a fasquia. A aldeia global em que vivemos nos dias de hoje não tem limites e não será por isso surpreendente que seja do Uganda que encontremos uma das MC mais vitais do momento. MC Yallah fez furor no conceituado Unsound Festival e a sua música figurou em muitas das listas de melhores do ano passado. Assertiva, hipnótica e com boca de cheia de freestyles para todos os incrédulos.

Filiada à Nyege Nyege, casa bota-fogo que já dispensa apresentações, foi com o produtor francês Debmaster que encontrou as formas e cores para Kubali. Algures entre o rap e a dancehall, entre Jamaica e Londres, entre a paranóia e a revolução, nasce um disco sólido, sónico à sua maneira; no fundo, desafiante como só deve ser. Há verdade e há urgência ao longo destas músicas, como uma narrativa actual dos tempos conturbados em que vivemos. Soa venenoso por vezes, e desconcertante noutras tantas. MC Yallah busca um território livre de pré-conceitos, misturando e baralhando — com gozo e ironia — as expectativas que cada um traz perante um disco que é um rastilho vivo.

Numa apresentação ímpar por Lisboa, o duo transformará o Aquário num enorme soundsystem mental, daqueles que deixam saudades e lançam mito. Seguramente escutaremos mais sobre ela num futuro próximo, mas para já esta é um convite aberto a celebrar o aqui e o agora. Muito calor. NA

A lake by the moon

Maravilhosa volta pela África digital, pela Europa samplada e outras latitudes. É de coração no lugar certo, sabendo que a pista de dança também cura, que a Lake by the Moon cria transe. Palavra mais-que-necessária, que transforma e liberta; os horizontes são aqui vastos. Tudo parece descender de uma real exploração de ideias, imagens e sons pertencentes de um imaginário caseiro. Após várias apresentações ao vivo e um par de EPs no seu Bandcamp, podemos esperar ainda este ano o disco longa-duração, de certo tão honesto e pertinente como tudo o que até aqui partilhou.

Próximos Eventos

aceito
Ao utilizar este website está a concordar com a utilização de cookies de acordo com o nossa política de privacidade.