ZDB

Música
Concertos

ANO Q

— DJ Giovanna, Moss Kissing, Lava, Oseias + Wugori, Yeni & Yeri, Fashion Eternal, Danifox

sex20.09.2422:00
Galeria Zé dos Bois


ANO Q: O Festival da Rádio Quântica está de volta para a sua quarta edição!

Nos dias 20 e 21 de setembro de 2022, a Rádio Quântica apresenta a 4ª edição do seu festival comunitário sem fins lucrativos, Ano Q (anteriormente Ano 0). Em dois dias, duas cidades e dois locais históricos em Lisboa (Galeria Zé dos Bois) e Barreiro (ADAO), este evento celebra algumas das iterações sonoras mais intrigantes da cena portuguesa, com artistas emergentes e artistas de comunidades tipicamente marginalizadas.

Após o sucesso da primeira edição em 2019, com excelente feedback da comunidade e da imprensa como Wire e DJ Mag, o regresso em 2021 e 2022 confirmou o festival como um triunfo da cultura DIY, expandindo os seus horizontes além da música para incluir moda, artes performativas, workshops e palestras.

O ANO Q 2024 reúne uma seleção diversificada de projetos artísticos que desafiam os limites através da sua prática. Vemos a programação cultural como uma resistência aos eventos baseados em lucro, oferecendo uma alternativa ao mainstream de uma Lisboa cada vez mais gentrificada, onde uma polida padronização cultural imposta de cima ou de fora se tornou a norma.

A programação oficial começa na sexta-feira, 20 de setembro, em Lisboa, com a DJ Giovanna a apresentar um DJ set performativo embebido em comédia e um espírito camp, definindo um tom colorido para o evento. Seguem-se o experimentalista Moss Kissing com uma performance carregada de graves e Lava, a lenda da performance queer do Porto em ascensão. O beatmaker Oseias. e o rapper Wugori trazem um hip hop boom bap fora do comum, seguido das irmãs Yeni & Yeri com uma mistura suave de música cabo-verdiana, brasileira e portuguesa reimaginada através de uma lente de R&B, soul e funk. Fashion Eternal apresentam então o seu power ambient com sintetizadores e tambores numa parede sonora imersiva antes de DJ Danifox fechar a primeira noite com suas variações infecciosas de batida.

No sábado, o Ano Q muda-se para o Barreiro, onde o palco da ADAO será ocupado pelo roda de samba exclusivamente feminina Coletivo Gira, seguido por Roadkill, um concerto indie rock com influência shoegaze dos jovens estudantes de belas artes. A pop experimental de Surma, as icónicas canções de Maria Reis com voz e guitarra, e para fechar o festival numa nota alegre e comemorativa, a dupla de DJs mais fofa de Lisboa, DJ Carin e Varela, assume os pratos acompanhada por dança exuberante e improvisada das performers da lendária festa queer CURVS.

Locais:
Galeria Zé dos Bois (20 de setembro, Lisboa)
ADAO (21 de setembro, Barreiro)

Bilhetes:
Passe de 2 dias: 20€ – disponível via RA
Bilhete diário: 12€ – disponível apenas no dia, na porta dos locais, até esgotar.

Programa
Dia 0 – Quinta-feira, 19 de setembro – ZDB
Sessão de abertura – A anunciar (Entrada livre)

Dia 1 – Sexta-feira, 20 de setembro – ZDB
DJ Giovanna
Moss Kissing
Lava
Oseias + Wugori
Yeni & Yeri
Fashion Eternal
Danifox

Dia 2 – Sábado, 21 de setembro – ADAO
Coletivo Gira
Roadkill
Surma
Maria Reis
DJ Carin b2b Varela + CURVS performers

Performance:
Postcarbon Collective

Sobre o Ano Q

Este festival, organizado pela Associação Cultural Quanticaonline, com apoio da Direção-Geral das Artes, aconteceu em 2019, 2021 e 2022 com a visão de expandir a programação, difusão e intervenção cultural da Rádio Quântica dentro e fora dos limites da cidade de Lisboa. Em todas as suas edições, o Ano Q realizou-se em Lisboa (Galeria Zé dos Bois) e também no Barreiro (ADAO – uma associação cultural para todas as artes situada no antigo quartel de bombeiros do Barreiro). O resultado: dois espaços independentes e emblemáticos nas suas cidades que fomentam um diálogo cultural e geográfico – entre diferentes formas de arte, entre centro e periferia, e entre novas perspectivas sobre a cultura.

A premissa do Ano Q é apresentar, de forma acessível (os bilhetes serão 20 euros pelos dois dias ou 12 por dia, com entradas de valor reduzido para pessoas desempregadas e pessoas portadoras de grau de deficiência; e todo o festival será transmitido online gratuitamente) propostas artísticas que refletem a pluralidade criativa do underground nacional enquanto se celebra a vitalidade do movimento associativo: onde a partilha, o sentido de comunidade e a primazia dada a oferecer valorização para todos – e não lucro para alguns – tomam o lugar da frente.

Para mais informações, imagens, entrevistas ou passes de imprensa para cobertura, por favor contacta hello@radioquantica.com.

Próximos Eventos

aceito
Ao utilizar este website está a concordar com a utilização de cookies de acordo com o nossa política de privacidade.