ZDB

Artes Visuais
Conversas

Conversa com Catarina Alves Costa sobre a Arte Makonde

— Programa paralelo à exposição 'Nanquim preto sobre fundo branco' de João Ayres

Seg28.11.2219:00
Galeria Zé dos Bois


©Bruno Lopes

A Galeria Zé dos Bois recebe Catarina Alves Costa, realizadora do documentário “Margot” sobre a etnóloga Margot Dias que, entre 1958 e 1961, integrou quatro missões etnográficas ao extremo Norte de Moçambique. Durante este período, Margot Dias filmou e gravou centenas de minutos, registos visuais e sonoros únicos da cultura makonde. Em ‘Margot’, Catarina Alves Costa foi ao encontro dos Makonde que vivem hoje nas periferias da cidade de Maputo.

Esta conversa, insere-se no programa paralelo da exposição Nanquim preto sobre fundo branco de João Ayres, onde, a par de um conjunto de pinturas e desenhos produzidos entre 1947 e 1959 em Moçambique, se apresenta uma seleção de estatuária makonde – parte da colecção particular iniciada por Frederico Ayres – que recria referências folclóricas, tradicionais e culturais à época, trespassando todo o corpo de trabalho exposto.

Catarina Alves Costa

Catarina Alves Costa é realizadora e antropóloga. Realizou, entre outros filmes, Senhora Aparecida (1994), Swagatam (1998) Mais Alma (2000), O Arquitecto e a Cidade Velha (2004), Nacional 206 (2009) Falamos de António Campos (2010) Pedra e Cal (2016) e Viagem aos Makonde (2017). Tem o Mestrado em Antropologia Visual da Universidade de Manchester e o Doutoramento da Universidade Nova de Lisboa. É Professora Auxiliar da Universidade Nova de Lisboa, coordenadora do Mestrado em Antropologia – Culturas Visuais e do Laboratório Audiovisual, Pólo FCSH do CRIA. Ensina também nos mestrados e doutoramentos da Universidade de São Paulo, no Brasil e na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Barcelona.

Próximos Eventos

aceito
Ao utilizar este website está a concordar com a utilização de cookies de acordo com o nossa política de privacidade.